2013/01/01

Giù la testa... hombre (1971 / Realizador: Demofilo Fidani)

Demofilo Fidani está de volta a este blogue! Já fazia algum tempo que este cineasta de culto de westerns de série B não era abordado ou sequer mencionado neste nosso espaço mas temos remédio para isso: escreve-se uma resenha e o caso fica resolvido!

Quem se interessa por este tipo de cinema já sabe que os filmes de Demofilo Fidani não são para serem levados a sério. Os westerns deste cineasta são somente obras de entretenimento de baixo custo e de baixa qualidade, sem qualquer rasgo de genialidade e com algumas palhaçadas pelo meio.

O enredo não tem muito que saber: Macho Callagan, um agente da Pinkerton, infiltra-se num bando de assaltantes que roubou uma grande soma. Esse mesmo bando é atacado e exterminado por Butch Cassidy, Sundance Kid, Testa de Ferro e alguns pistoleiros.


Por sorte, Macho consegue salvar-se e, após recuperar dos seus ferimentos, vai procurar os agressores. O Reverendo Cotten indica-lhe o rumo certo e será apenas uma questão de tempo até Macho deitar a luva a Butch Cassidy e ao seu raivoso lugar-tenente Testa de Ferro!

O elenco conta com os suspeitos do costume, ou seja, Hunt Powers, Gordon Mitchell, Dennis Colt, Klaus Kinski e Jeff Cameron. Acho que todos eles deviam ter uma grande “pancada” porque trabalhar com Fidani em muitos filmes a fazer sempre a mesma coisa torna-se, no mínimo, repetitivo. Mas Hunt Powers afirma que foi um enorme prazer trabalhar com Fidani e que o ambiente foi sempre descontraído e familiar.


Mas não há bela sem senão e recorda os momentos conflituosos que teve com Klaus Kinski. Em poucas palavras, é isto: “Klaus Kinski era um ator genial mas como pessoa não passava de uma besta!” Surpreendentemente, “Giú La Testa, Hombre!” consegue ser um dos melhores registos do carismático Fidani. Quem diria?!


Trailer:

5 comentários:

  1. Realmente já estava a faltar mais uma pérola do nosso amigo Fidani, desta vez sob o heterónimo Miles Deem.

    Este filme é ridiculamente bom. A acção desenrola-se a bom ritmo e sem grandes falhas. Só é pena que se espalhe ao comprido na sequência final que é bem característica do carácter infantil que Fidani cunhava nos seus westerns.

    Tenho o DVD italiano da Cecchi Gori que apresenta o filme em 4:3. Audio e legendas em italiano. Mas quem preferir audio em inglês poderá optar pela edição germânica.

    Uma curiosidade. O filme era suposto ser lançado como "Doppia taglia per Minnesota Stinky" - que aliás é o nome que aparece na imagem do genérico do DVD italiano - mas acabou por ser lançado como "Giù la testa... hombre" para tentar capitalizar algum dinheiro via "Giù la testa" de Sergio Leone.

    Fiz uma imagem animada onde podem confirmar o que digo:

    http://i.picasion.com/pic63/50445f011336e63d1fe30d0f9f08ee32.gif

    --
    Pedro Pereira

    http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    http://destilo-odio.tumblr.com/

    ResponderEliminar
  2. Fidani, tal como muitos outros realizadores da época, também tinha a tendência para usurpar nomes. Começou com "Sartana", depois "Django", depois ambos e agora este "Giù la Testa".
    Como se isso não bastasse, até o nome do protagonista deste filme, Macho Callagan, é copiado do nome "Macho Callahan", um western americano de 1970. Para evitar problemas com direitos de autor mudou-se apenas uma das letras do nome.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Fidani!

      --
      Pedro Pereira

      http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
      http://destilo-odio.tumblr.com/

      Eliminar
  3. Este estilo "Barroco" do Fidani sempre será único dele.
    Com o mesmo time de sempre, fazia bons westerns, somente com uma dúzia de atores e figurantes e pouco dinheiro.
    É bom demais ver Hunt Powers e Gordon Mitchell juntos em seus filmes, passa a impressão de estar dentro do cinema no começo de 1970.

    ResponderEliminar
  4. A cidade fantasma onde acontece o confronto final é um local chamado "The Cave", que foi construído por Gordon Mitchell. Fidani foi o primeiro a querer utilizar essas instalações nos seus filmes.

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails