2019/08/14

Pochi dollari per Django (1966 / Realizador: Enzo G. Castellari)

O pistoleiro Reagan dirige-se para cidade de Miles City, Montana. Antes de chegar, tropeça no cadáver de um xerife. Reagan fica com o distintivo do morto e apresenta-se na cidade como xerife. Sally Norton é a sobrinha de um tal Trevor Norton, pacífico agricultor da região. Mas Trevor é a cara chapada de Jim Norton, um bandido procurado pela lei. Será que são irmãos gémeos ou tudo não passa de uma farsa? A ver vamos… O tema do filme é a guerra entre criadores de gado e agricultores com o seu famigerado arame farpado. Mas o melhor de tudo isto é que não se vê uma única cabeça de gado bovino em todo o filme! O projeto foi realizado a quatro mãos e duas cabeças: León Klimovsky e Enzo G. Castellari.

Quem será o gajo montado no burro?

O primeiro não tinha muito jeito e foi-se embora, o segundo remediou a coisa. Além disso, temos também os dois cabeças de cartaz, Anthony Steffen e Frank Wolff. Ambos tiveram carreiras e vidas muito distintas: Steffen tornou-se numa grande vedeta em Itália e, quando acabou a sua carreira artística, foi para o Brasil gozar uma reforma dourada. 

Estás lixado, Anthony Steffen!!

Em sentido contrário, o americano Frank Wolff, aos poucos, foi definhando a nível artístico e pessoal, acabando por cair numa terrível depressão que o levou ao suicídio! A necrologia definitiva: Frank Wolff morreu a 12 de dezembro de 1971, “requiescat in pace”. Anthony Steffen morreu a 4 de junho de 2004, “requiescat in pace”.

5 comentários:

  1. É um dos meus favoritos com Anthony Steffen à cabeça. A qualidade é tal que ninguém ousaria atribui-lo a León Klimovsky. Mas apesar disso, Castellari haveria de subir ainda mais a fasquia nos westerns seguintes, excepto nos buddy westerns como o Tedeum ou o I tre che sconvolsero il West (Vado, vedo e sparo) que admito não morrer de amores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lembrei-me agora. Pior ainda é o infame O Cheiro das Cebolas, mas prontos vamos esquecer esses percalços já que logo no ano a seguir a essa bosta ele realizou o excelente Keoma e um dos meus poliziottesco favoritos: Il grande racket. Mesmo com as suas iregularidades é um realizador que aprecio.

      Eliminar
  2. Consta que Castellari e Klimovsky deram-se muito bem durante a produção deste filme. Castellari diz que o realizador argentino era um tipo muito simpático, usava sempre uma boina na cabeça mas o seu rigor como cineasta deixava a desejar.

    ResponderEliminar
  3. A filmografia de Léon Klimovsky é bastante extensa e começou a dirigir em finais dos anos 40 (1948, mais precisamente). Dos muitos filmes que fez destaca-se uma adaptação de "O Conde de Monte Cristo", a célebre obra literária de Alexandre Dumas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O último filme dele que vi foi este do link abaixo, não é um western. Não é mau, mas tal como todos os que vi dele, nunca ultrapassa a fasquia mediana.

      https://www.imdb.com/title/tt0062629/

      Eliminar

Related Posts with Thumbnails