2015/05/19

La notte dei serpenti (1969 / Realizador: Giulio Petroni)

Estamos numa insignificante aldeia algures no México. A noite revela-se escura, silenciosa e estranhamente ameaçadora. Não se vê ninguém nas ruas. Todo o povoado parece adormecido… exceto dentro de uma das casas. Uma discussão aparentemente inofensiva resulta na morte de um homem. O cadáver da vítima é levado para um local público onde é descoberto na manhã seguinte pela população. A vítima é o telegrafista da aldeia que, segundo se sabe, não tinha inimigos. O chefe da polícia desconfia que as peças não encaixam bem no puzzle e descobre um complô organizado pelos parentes da vítima: o alcaide, o dono da estalagem, a prostituta mais concorrida da aldeia e o seu primo sacristão. 

Após desmascará-los e chantageá-los o tenente Hernandez não só não os prende como exige unir-se ao grupo porque o crime pode compensar encaixando 10 000 dólares de herança! Para meter a cheta ao bolso é fundamental eliminar o único e verdadeiro herdeiro, o jovem Manuel. Para fazer esse trabalho contratam Luke, um pistoleiro americano que agora vive na miséria devido às carraspanas de caixão à cova que apanha.

Em 1969 Luke Askew apareceria ainda no clássico "Easy Rider", ao lado de Peter Fonda e Dennis Hopper.

Quando lhe dizem que o trabalho é matar um homem Luke aceita sem pestanejar mas quando percebe que o alvo é uma criança faz-se luz na sua mente conturbada! Não pode concluir a sua missão porque no passado teve a triste experiência de disparar sobre o seu próprio filho (quis armar-se em Guilherme Tell) com consequências desastrosas! Será que Luke vai conseguir proteger Manuel ou será que os cinco conspiradores conseguirão levar a sua avante?

Luigi Pistilli que já trabalhara com Petroni em "Da uomo a uomo", interpreta aqui o malvado Tenente Hernandez. 

Giulio Petroni assina um filme equilibrado, bem estruturado mas muito longe dos melhores do subgénero. As cenas noturnas vão ao encontro do cinema gótico bem ao estilo italiano dos anos 60. Nada mais há a acrescentar exceto que esta foi a única incursão do ator americano Luke Askew nos westerns-spaghetti. Os outros intervenientes (Luigi Pistilli, Chelo Alonso, Magda Konopka, Benito Stefanelli) já são repetentes.


Trailer:

7 comentários:

  1. O argumento deste filme teve a colaboração de Enzo Gicca Palli, que está ligado a alguns westerns de cariz investigação criminal / suspense, nomeadamente o filme que realizou em 1971 IL VENDITORE DI MORTE / O PREÇO DO ÓDIO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinha jeito mas não se dedicou muito ao western.
      Vi este filme uma vez, gostei. Este natal ofereceram-me o DVD franciu, a ver se por estes dias lhe dou uma revisada.

      Eliminar
  2. Além disso, Enxo Gicca Palli realizou um filme também em 1971 com a dupla mais explosiva da época (Terence Hill e Bud Spencer). Trata-se de IL CORSARO NERO, um filme de piratas cheio de espadachins e, claro, diversas cenas de pancadaria!
    No entanto li algures que Giulio Petroni considera este western como um dos seus piores filmes. Eu discordo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava bêbado. O pior western dele, é o "La vita, a volte, è molto dura, vero Provvidenza?". Aliás, deve ser o único ruim, porque os outros são todos de se lhe tirar o chapéu.

      Eliminar
  3. Uma agradável surpresa este filme de Petroni, vi-o pela primeira vez há cerca de um mês, e é um filme que prova a competência do seu realizador - apesar do intragável Charlot do Oeste que nem o magnífico Tomas Milian salva - que nos deu os magníficos "A Morte Vem a Cavalo" e "Tepepa" e que filmou, possivelmente, um dos mais belos genéricos do género em "Quem Dispara Primeiro" (...E Per Tetto un Cielo di Stelle). Acima da média esta história de pura redenção com muita traição e ganância à mistura. Boa supresa

    ResponderEliminar
  4. Estou de acordo com o António. É um filme bastante competente. Esse filme do Providenzza (o tal Charlot do Oeste, como diz o António) nunca vi mas não faço questão de ver.
    Há também de salientar que "La Notte dei Serpenti" conta com uma dupla feminina de valor: Chelo Alonso e Magda Konopka.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vejas. É muito mau.
      Quero rever o Per Tetto un Cielo di Stelle que entretanto adquiri o dvd da Koch. Da primeira vez que o vi, gostei. Especialmente dos primeiros 10 minutos. Muito emotivo, esse inicio. De resto o flme acho que vai perdendo fôlego.

      Eliminar

Related Posts with Thumbnails