2013/02/26

A Town Called Hell (1971 / Realizador: Robert Parrish)

No ano quente de 1895, um grupo de rebeldes ataca uma pequena cidade mexicana. Depois de eliminarem todos os militares, irrompem pela igreja onde despacham mais uma boa porção dos habitantes da cidade, nem o padre escapa ao massacre! Passados dez anos uma mulher misteriosa e o seu capanga mal-encarado entram na cidade num carro fúnebre. Lá dentro segue um caixão vazio que a viúva pretende ocupar com o corpo do responsável pela morte do seu marido. Durante estes dez anos a cidade mudou, para pior diga-se. O bandido don Carlos (Telly Savalas) é agora o alcaide e a população é mantida com rédea curta. Sabendo da recompensa que a viúva pretende entregar aquele que indicar o nome do assassino, don Carlos rapidamente arranja um presumível culpado pelo acto. Mas a viúva não se dá por convencida com a farsa montada e as coisas começam então a correr mal para o canalha, que acaba por beber do próprio veneno, sendo baleado por um dos seus próprios homens. 


Por essa altura chega à cidade uma coluna do exército. E para nossa surpresa o seu líder é nada mais, nada menos do que um dos cabecilhas do massacre da década anterior. A tentação do dinheiro e do poder fê-lo mudar de «equipa» a meio do jogo. Tal como a viúva, também o Coronel (Martin Landau) está à procura de um homem. Este pretende saber qual a verdadeira identidade de Águila, o misterioso líder dos rebeldes. 

Quem parece ter ambas as informações é o padre da cidade (Robert Shaw), que o Coronel trata por «irlandês». Estranhamente o padre é também um dos rebeldes responsáveis pelo dito massacre, mas que vive agora em arrependimento pelo seu passado violento. Um arrependimento parcial, digo eu, já que o homem não dispensa os mimos da bela Paloma (Paloma Cela). 


"A Town Called Hell" não é um dos mais aclamados euro-westerns. Talvez porque sendo uma produção repartida entre britânicos e espanhóis, e executada por um realizador americano, apresente um estilo algo diferente das habituais colaborações ítalo-espanholas. Mas creio que o estilo gótico que Parrish mesclou com os elementos do «western zapata» e com alguns dos clichés do género, tem o mérito de sugar a atenção do espectador durante a sua cerca de hora e meia de fita.

Mas o melhor do filme é mesmo o elenco internacional, que é espectacular. Ora vejamos, temos o grego Telly Savalas (Una Ragione per vivere e una per morire) enquanto alcaide irascível, o inglês Robert Shaw (From Russia with Love) enquanto padre promíscuo, o americano Martin Landau (Mission: Impossible) enquanto Coronel de falsos idealismos e ainda mais um punhado de caras conhecidas dos fãs do género: Aldo Sambrell, Fernando Rey, Tito Garcia, Chris Huerta, etc. 


Estranho ou não, é um filme que vale a pena conferir. E felizmente até está disponível em várias edições DVD. Eu tenho a edição da editora espanhola Suevia - "Una Ciudad Llamada Bastarda" - que apresenta o filme com áudio espanhol e inglês mas que tem uma imagem bastante esbatida, por isso se poderem optem por uma versão melhorzita.


Mais alguns lobbys da «barbarolândia»:



Trailer:

6 comentários:

  1. Para não fugir à regra, Telly Savalas mantém-se na mesma linha que tanto o celebrizou: Fazer de vilão! Não é de estranhar porque alguém com aquela cara de maluco só podia fazer isso mesmo...

    ResponderEliminar
  2. Eu tinha a expectativa que o papel dele neste filme fosse algo maior, sobretudo pelos posters que lhe dão grande destaque, mas depressa lhe acabam com o pio. Tal como em "Uma razão para viver..." julgo que só se ganharia com a exploração das suas personagens.

    --
    Pedro Pereira

    http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    http://destilo-odio.tumblr.com/

    ResponderEliminar
  3. Excеllent beat ! I wish to аρprеntice
    at the same time as you amеnd your website, how can i ѕubѕcribе for a weblog ωeb site?
    The аccount helped me a аcceptable ԁeаl.
    I haԁ been tiny bit fаmiliar оf thiѕ уour broadcast рrovided shinу clеar concept

    Also vіsit my ωeblog V2 Cig Review

    ResponderEliminar
  4. Does your site have a contaсt page? I'm having a tough time locating it but, I'd lіke to send you an emаil.
    I've got some recommendations for your blog you might be interested in hearing. Either way, great website and I look forward to seeing it grow over time.

    My page silkn

    ResponderEliminar
  5. I alωaуs emailed this wеblog pоst
    pagе to all my frіends, sincе if like to гead
    it after that my links ωіll too.

    Heгe is my websіte :: prweb.com

    ResponderEliminar
  6. Foг mоst reсent news you have to paу а quiсk visit іnternet and on world-wide-web I found this
    web ρage aѕ a finеst web pagе fоr
    hottest updаtes.

    Check out my web-site ... Pulsed Light

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails