2014/05/06

Se vuoi vivere... spara (1968 / Realizador: Sergio Garrone)

A falta de empenho das editoras portuguesas no lançamento de westerns está a ser encarada como oportunidade de negócio por nuestros hermanos, que já vão lançando aqui e ali alguns DVDs com legendas em português. A mais recente dessas investidas é uma tal «Django Collection» em que se junta em cada pacote, dois filmes supostamente ligados à saga lançada por Sergio Corbucci. Mas é claro que na verdade raros são os filmes alinhados em que existe alguma conexão com a personagem Django. Mas pensando bem, o que é que isso interessa?! Num desses volumes com que me cruzei, somos presenteados com dois títulos algo obscuros, “Se vuoi vivere… spara” e “Bill il taciturno”. O segundo ainda não tive oportunidade de ver de fio a pavio, mas sobre o primeiro já posso opinar. 

O filme aparece com uma imagem razoável e com dois áudios distintos, italiano e espanhol. Pessoalmente sempre preferi ver os filmes nas suas versões originais, por isso escolhi imediatamente a versão italiana. Versão essa em que a personagem de Ivan Rassimov responde pelo nome Johnny mas se mudarem para a dobragem espanhola repararão que a personagem responde mesmo pelo nome Django. Uma malandragem habitual da época, em que como se sabe, não foram poucos os títulos nos quais as dobragens originais foram arruinadas pelas produtoras locais. 


Mas adiante, sem surpresas a trama do filme junta pena enésima vez alguns dos elementos mais reconhecidos do western à italiana. Caçadores de recompensas, ouro e claro: vingança! Ivan Rassimov, que aqui faz uma das suas primeiras aparições enquanto protagonista, é Johnny Dark (ou Django, lá está), um individuo que é tramado num jogo de poker, em que acaba por se ver forçado a disparar sobre um dos parceiros de jogo. 


Para safar a pele, é obrigado a abater uma série de rufias e a fugir da cidade. Mas Stark – responsável pela trapaça – têm a conivência de um xerife corrupto e rapidamente consegue que seja colocada uma recompensa pela captura de Johnny. Johnny escapa ferido da caçada lançada por Stark (Giovanni Cianfriglia), mas é socorrido por uma família de agricultores, com quem acaba por desenvolver uma bela amizade. Mas não se livra de fezes, uma vez que os desgraçados estão a ser pressionados a vender as suas terras a um crápula local. O rancho acaba mesmo por ser alvo de um massacre, e à boa moda europeia Johnny encarregar-se-á de fazer justiça pelas próprias mãos. 


A maioria dos fãs do género provavelmente reconhecerão o nome Sergio Garrone graças ao fantasmagórico “Django Il Bastardo”, e pensarão porventura que os restantes filmes do realizador mantêm uma certa fasquia, mas infelizmente tenho de vos desenganar. É que apesar de alguma competência que se lhe deve reconhecer, nenhum dos seus outros westerns chega a atingir o calibre do seu famoso sotto-Django. Este aqui talvez por ser o seu filme de estreia é até bastante corriqueiro, e não fossem as boas prestações de Rassimov e sobretudo de Riccardo Garrone, nem valeria o vosso tempo.


Mais alguns lobbys originais:




Trailer:




Filme completo (dobrado em espanhol):

4 comentários:

  1. Sergio Garrone é claramente um realizador de segunda linha neste subgénero. Os seus melhores filmes são protagonizados por Anthony Steffen mas mesmo assim estão longe de serem filmes magníficos. O seu irmão Riccardo Garrone é presença assídua.
    Percebe-se pela resenha que este western não apresenta nada de novo e aborda os temas do costume.
    Para terminar, o lançamento de westerns em DVD em Portugal é quase inexistente porque é o retrato fiel do país que temos, ou seja, os editores acham que é melhor editar em DVD filmes xungosos e comédias românticas estúpidas do que westerns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vê lá se os amigos espanhóis não estão a ganhar com a brincadeira.

      Eliminar
    2. Claro que sim! Isso só revela a inteligência que eles têm no negócio. Porquê vender DVD apenas em Espanha se Portugal pode ser uma outra fonte de rendimento?
      Quem sabe, sabe! Quem não sabe... azar!
      Eu pessoalmente não fico muito preocupado pela escassez de DVD de westerns-spaghetti no nosso país porque prefiro comprar edições DVD online de outros países nomeadamente França, Itália, Alemanha ou... lá está, Espanha!

      Eliminar
    3. Sim é verdade. Mas eu ponho-me na pele do pessoal mais velho que não se dá com tecnologias, não sabem mexer em computadores e muito menos fazer compras online. É complicado para eles encontrar filmes destes, que como sabemos fizeram furor nos tempos deles. Assim sempre tem acesso a alguma coisa. Eu comprei este pack e mais outro da mesma colecção para oferecer ao meu cota no aniversário dele que aí vêm. Vai delirar!

      Eliminar

Related Posts with Thumbnails