2010/12/21

Os spaghettis da minha vida | Artur Alves @ Faroeste em geral



Desde finais de 2007 que Artur Alves mantém o blogue
Faroeste em geral, um espaço dedicado ao cinema western, quer americano quer europeu. Porque somos curiosos e o Artur é uma pessoa 5 estrelas, perguntamos-lhe quais os seus westerns-spaghettis favoritos.


A primeira vez que vi um Spaghetti Western foi quando o meu pai trouxe um VHS de "Vamos a matar, compañeros", algum tempo depois meu interesse por Westerns havia crescido, e hoje sou um grande fã dos filmes de faroeste. Descobri nomes como, Sergio Leone, Sergio Corbucci, Sergio Sollima, Enzo G. Castellari, Mario Caiano e Enzo Barboni, depois de ver "Django" e "Un dollaro bucato", me tornei fã de Franco Nero e Giuliano Gemma, para mim os dois maiores ícones do Spaghetti Western em termos de atores. Vocês vão ver agora abaixo as minhas preferências no Top 10 Spaghetti Western.


Os 10 favoritos:

01 | Django | Sergio Corbucci | 1966

O meu Spaghetti Western preferido, o meu preferido também de Corbucci, vão me desculpar os fãs de carteirinha do homem (como eu) mas pra mim Corbucci já havia se superado com "Django", e pra mim sua obra-prima máxima, e claro, ainda me tornei fã de carteirinha do homem, do mito, da lenda: Franco Nero.


02 | Un dollaro bucato | Giorgio Ferroni | 1965

Vão me desculpar os fãs de carteirinha do Spaghetti Western (como eu outra vez, hehehehehe) mas para a maioria do público brasileiro que ia as matinês nos anos 60, no bang-bang italiano, depois de "Django", vem "Un Dollaro Bucato", o meu preferido de Giuliano Gemma e pra mim o seu melhor filme. O filme pode seguir os moldes dos Western Clássico, mas também tem muito dos Westens feitos na Itália.


03 | Per un pugno di dollari | Sergio Leone | 1964

Claro que eu não poderia deixar de citar o filme que inaugurou a vertente do Spaghetti Western, um grande filme, gosto muito do Clint Eastwood também, esse foi o começo de tudo, onde Leone reuniu várias faces do Western Clássico e o transformou num Western mais sujo e violento, e que também foi complementado com outros vários gênios do Spaghetti Western.


04 | C'era una volta il West | Sergio Leone | 1968

Esse ganha muito nos top 10, aqui Leone colocou seus Westerns favoritos em um só, e ainda realizando um Western Maniqueísta, reparem que Charles Bronson está vestido de forma mais tradicional como os Westerns Clássico e de barba feita, mas mesmo assim o Western de Leone não deixa de ter caras barbados e sujos com a poeira do deserto, e ainda temos a beleza hipnotizante de Claudia Cardinale .


05 | Una Bara per lo sceriffo | Mario Caiano | 1965

Um ótimo filme de Mario Caiano, esse foi o filme responsável por revelar o ator Anthony Steffen e converte-lo num astro internacional, de todos de Steffen é o meu preferido. Aqui também se inicia a parceria entre Anthony Steffen e o ator Eduardo Fajardo, na pele do infernal Murdock, um dos melhores filmes do tema da busca pela vingança.


06 | Arizona Colt | Michele Lupo | 1966

Eu não poderia deixar de citar um filme aqui que não tivesse Fernando Sancho como vilão mexicano, é o meu ator preferido pra interpretar papeis de bandido. Um carismático e cínico Giuliano Gemma. Gemma é um ótimo mocinho, mas quando interpretava esses heróis golpistas, tinha uma de suas melhores atuações nesse tipo de papel, dividindo carisma e malandragem.


07 | Keoma | Enzo G. Castellari | 1976

Nos anos 70 o Western Italiano havia decaído bastante, mas isso não impediu do próprio Spaghetti Western de se reinventar. Um ótimo filme sobre um homem em busca de respostas para a sua própria vida e que por ideais de justiça, decide lutar contra o tirano em sua cidade. Além da grande atuação de Nero, temos um elenco bem bacana com William Berger, Woody Strode, Donal O'Brien (excelente como vilão). E ainda temos um pistoleiro que filosofa, um grande filme.


08 | La Resa dei conti | Sergio Sollima | 1966

Meu preferido de Sergio Sollima. Lee Van Cleef está excelente e temos um Tomás Milian totalmente malandro. Esse foi o filme responsável por tornar Milian um astro, e ainda temos a bela atriz Almeriense Nieves Navarro, Geraud Herter como um atirador mortal, e Walter Barnes como um rico fazendeiro. Uma pena Sollima só ter feito 3 Westerns, poderia ter feito excelentes filmes. O filme denuncia a opressão das classes ricas e a guerra dos sexos nos anos 60.


09 | Lo chiamavano Trinità | Enzo Barboni | 1970

Vão me desculpar os fãs mais severos do Western Italiano, mas se foi comprovado cientificamente que rir é o melhor remédio, quem sou eu para discordar? Uma ótima sátira, o sucesso dos Spaghetti Western cômicos foram muito grandes, mas foram poucos os filmes que conseguiram ser realmente engraçados, aqui exageram no clichê do rápido no gatilho, resolve-se tudo com uma boa briga, um herói malandro e seu irmão mau-humorado de força descomunal. Enfim uma ótima sátira para nos fazer rir.


10 | Vamos a matar, compañeros | Sergio Corbucci | 1970

Meu Zapata Western favorito, com um Franco Nero malandro e engraçado, Tomás Milian idem, temos também Fernando Rey em grande atuação, José Bodalo como “revolucionário” golpista. Ofilme também denuncia as ditaduras e o interesse americano nelas. Ainda temos um excelente Jack Palance, na pele de John Mão de Madeira. Um ótimo Western Esquerdista em que um pobre e ingênuo El Vasco discursa socialismo, com um visual inspirado em Che Guevara.



Joker: O progresso chega ao oeste!

Il mio nome è Nessuno | Tonino Valerii & Sergio Leone | 1973

Pra mim esse é um dos filmes mais poéticos do Spaghetti Western, pois como todo o mundo sabe este é o grande encontro entre o Western Clássico e o Spaghetti Western, e pra mim que sou fã das duas vertentes, é muito bom ver lado a lado os dois cavalgando juntos e lutando contra os bandidos. Ótimas interpretações de Henry Fonda e Terence Hill e também um filme que mostra que apesar do progresso no oeste, sempre existiram a Grande Lendas do mesmo.


A evitar: Propaganda enganosa!

L'uomo, l'orgoglio, la vendetta | Luigi Bazzoni | 1968

Uma porcaria, só vale mesmo pela atuação de Franco Nero e as partes com Klaus Kinski. Fora isso, o filme é péssimo. O amor entre Dom José e uma cigana cara-de-pau. Se era pra fazer uma versão Western, que façam direito, pra mim fizeram uma propaganda enganosa pra vender o filme e inseriram umas partes de tiroteio, perseguições e brigas, somente pro público não sai xingando da sessão, péssimo.

10 comentários:

  1. Grandes escolhas do amigo Artur Alves! Nota-se que nesta lista há uma grande variedade de escolhas: westerns muito violentos, outros mais cómicos, outros com maior influência do oeste americano, outros mais políticos... De facto, O HOMEM O ORGULHO E A VINGANÇA não é um western mas em muitos países aproveitou-se a loucura em torno de Franco Nero para vender este filme como um western. Aliás, na Alemanha até incluiram o nome DJANGO no título do filme!!
    Seja como for, mais uma bela lista que vem enriquecer ainda mais este blogue! Obrigado!

    ResponderEliminar
  2. eu que agradeço, muito obrigado pelo convite, e sempre que pintar um projeto como esse, estou aqui.

    ResponderEliminar
  3. Você está chique no útil, continue assim.Bjs. Sucesso sempre.

    ResponderEliminar
  4. Pois é, o nosso amigo Artur brinda-nos com umas escolhas de costa a costa. Esse "a evitar" já não vejo desde os tempos do VHS, mas pelo que recordo não era grande "espingarda".

    --

    Pedro Pereira

    por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    filmesdemerda.tumblr.com

    ResponderEliminar
  5. Grandes elecciones, amigo!! No he entendido muy bien lo de "Un dollaro bucato". Es un film excelente, no tienes por qué disculparte. Giuliano Gemma es uno de los iconos del western aunque a algunos extrañamente no les acabe de gustar por su hermosura y simpatía(¡es el más grande!). Tiene muchísima química con Fernando Sancho, que era, como dices, el mejor bandido mexicano. "Arizona Colt" es una de mis favoritas.
    Todas las demás me encantan. Tu selección es buenísima, como dice Emanuel, hay de todo. Excelentes todas. Enhorabuena!

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pela seleção. Imagine se você tivesse assistido como eu, a maioria destes filmes na telona. Concordo quando você diz que acha que O DÓLAR FURADO [Este eu vi no cinema] tem muita coisa do western italiano, apesar dos moldes do clássico, porém, o melhor filme de Gemma ainda é IL RITORNO DI RINGO ["Ringo Não Perdoa, Mata", aqui no Brasil], uma obra-prima de Duccio Tessari. Mas, no mais, fico feliz com a inclusão do melhor de Lee Van Cleef em todos os sentidos: LA RESA DEI CONTI, o que prova que você é um grande conhecedor de western spaghetti.

    ResponderEliminar
  7. a maioria diz que o melhor filme de Gemma é Giorni Del Ira, Il Ritorno di Ringo é um excelente filme, obrigado pelos elogios.

    ResponderEliminar
  8. Eu sou um desses que coloca o "I giorni dell'ira" no topo da lista restringida a Gemma, mas o "Un dollaro bucato" foi o western filme que assisti no cinema por isso tem um grande valor sentimental. Andei obcecado em encontrar uma edição DVD dele durante uns tempos e foi graças a um amigo belga que recebi uma cópia no correio e assim matei a saudade.

    A participação do Artur tem trazido algumas caras aqui no blogue, a todos um obrigado pela passagem, esperemos que continuem a passar por cá.

    --

    Pedro Pereira

    por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    filmesdemerda.tumblr.com

    ResponderEliminar
  9. Bueno, "Un dólar agujereado" ("Un dollaro bucato") es un film muy querido por el propio Giuliano. "I giorni dell'ira" es que se sale por todas partes, es un peliculón. No soy muy objetiva con Giuliano porque para mí llena la pantalla con cualquier film. Es muy completo y vale para todo. Otro de mis favoritos es "I lunghi giorni della vendetta", para mí un film Cult en todos los sentidos.
    Me alegro que consiguieras "Un dollaro bucato", Pedro.
    Saludos a todos desde España

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails