2009/08/09

Uma viagem por Almería por Emanuel Neto



Conheço o Emanuel Neto desde os tempos de liceu. Em comum sempre tivemos pelo menos duas coisas, o gosto pela música (os bons e velhinhos discos dos Megadeth evoluíram para o formato mp3, mas ainda bombam lá em casa companheiro!) e os western-spaghetti. Naturalmente logo que decidi aventurar-me na blogosfera, senti a necessidade de lhe enviar um email para que desse uma olhada e manifestasse a sua opinião. O entusiasmo do Emanuel por estas coisas é grande, desafiei-o por isso a entrar para a equipa do "Por um punhado de euros", desafio esse que foi aceite, fica por isso prometido para breve as suas opiniões pessoais sobre estes filmes que tanto gostamos. Para já, como pontapé de saída deixa-nos o seu relato da visita que acabou de fazer a Almería!


Uma viagem por Almería

Na semana de 27 a 31 de Julho de 2009 tive o grande prazer de finalmente concretizar um sonho antigo. Uns dias no sul de Espanha, mais propriamente na zona de Almería, para relaxar, com oportunidade para desfrutar de belas praias banhadas pelo mar Mediterrâneo mas principalmente para visitar alguns dos míticos locais que serviram de cenário para os westerns-spaghetti mais célebres da História. Estando instalado na agradável e calma vila costeira de San José – Níjar, a odisseia começou por CORTIJO EL SOTILLO, a 5 km de San José, palco das cenas iniciais de “Por um punhado de dólares”, em que Clint Eastwood chega à localidade de San Miguel e pára diante do poço. O poço já não existe e a casa é agora uma pousada de 4 estrelas com todas as comodidades para os seus hóspedes.


De seguida, o destino já estava traçado: a aldeia de LOS ALBARICOQUES, a cerca de 15 km de San José. Esta localidade destaca-se principalmente por ter sido celebrizada pelas cenas finais do filme de Sergio LeonePor mais alguns dolares”. De realçar que as ruas têm nomes tão distintos como “Calle Clint Eastwood”, “Calle Lee Van Cleef”, “Calle Ennio Morricone”, “Calle Eduardo Fajardo” e naturalmente “Avenida Sergio Leone”. Essas mesmas ruas têm placas informativas para turistas e curiosos saberem o que passou ali há mais de 40 anos. Tive o orgulho de pisar a famosa “arena” em que Lee Van Cleef e Gian Maria Volonté se defrontaram ao som do célebre relógio de bolso e sob o olhar atento de Clint Eastwwod. Essa mesma arena está em muito bom estado porque foi recuperada e ainda hoje é palco de algumas encenações “western”. O dia foi concluído com uma bela refeição no Restaurante Alba, que é marcado pelas referências a westerns rodados no local (quadros e fotos da rodagem dos filmes na parede do restaurante), o que demonstra o orgulho que estes espanhóis (alguns deles participaram como figurantes nos filmes) têm pelo seu contributo aos westerns-spaghetti.


Como é óbvio, foi excelente visitar pessoalmente estes lugares embora se notem alterações significativas, como é normal após mais de 4 décadas. As paisagens são extraordinárias e o culto por esses “denominados filmes de série B”, ao contrário do que é sustentado por aqueles “grandes especialistas” (?) do cinema, está vivo e recomenda-se! No dia seguinte dirigi-me aos famosos estúdios de cinema do deserto de Tabernas, mais conhecidos como TEXAS HOLLYWOOD / FORT BRAVO. Também aqui foram rodados inúmeros westerns e além disso oferece diariamente espectáculos western com música, danças, cavalos, brigas e tiroteios, todos eles protagonizados por actores, actrizes, bailarinos e duplos de cinema. Trata-se de uma cidade do Oeste de dimensões consideráveis, dividida em dois (parte americana e parte mexicana) com réplicas do saloon, hotel, igrejas, bancos, cantinas, um forte militar, um cemitério e uma exacta réplica do famoso arco de tijolo de “Aconteceu no oeste”, em que o irmão de “Harmónica”, vulgo Charles Bronson, foi enforcado pelo maléfico Henry Fonda.


Aconselho a visitarem o site www.fortbravo.es e terão uma ideia mais clara sobre tudo isto. De salientar que a cidade construída por Carlo Simi para o filme de Sergio Leone “Por mais alguns dólares” ainda existe no deserto de Tabernas. É um local chamado “MINI HOLLYWOOD”, é bem mais pequeno que FORT BRAVO. Não cheguei a visitar mas as semelhanças são imensas. E assim chegou ao fim uma semana bem passada no país vizinho, que tem tanto para revelar aos portugueses que gostam de westerns-spaghetti e que nunca foram a estes locais. Aconselho vivamente!!!

Emanuel Neto

6 comentários:

  1. Bela viagem, hein?!
    Hei-de lá ir um dia destes amigo!

    ResponderEliminar
  2. Este post é bastante interessante porque diferente!
    O breve relato da viagem guia-nos pelos cenários de alguns dos mais emblemáticos spag'g e deixa-nos a sonhar com o "tesouro escondido" que se encontra mesmo aqui ao lado!!
    Parabéns Emanuel, não é todos os dias que se consegue concretizar um sonho! Obrigado por partilhares conosco!!

    ResponderEliminar
  3. Olá, amigo!
    Li as suas descrições sobre a sua viagem a Almeria. Também já lá estive,em 2008 e 2009, mas,
    acho que perdeu uma boa oportunidade de conhecer melhor os principais cenários e cidades dos Spaghetti-Westerns.Também de conhecer o filho de Henry Fonda e Sergio Leone Ranch. Il Sotillo del Fraile, as Minas de Rodalquillar e as deslumbrantes paisagens da Serra Alhamilla,parque Natural de Níjar, Cabo de Gata (Marginal) entre muitas outras coisas no interior de um raio relativamente pequeno.Contudo, não quero que desmotive: Se calhar, para o Ano até nos cruzamos por lá!
    Continue a ser Fã do Género: Spaghetti-Westerns, só nos faz bem.

    Um Abraço, amigo!

    Dinarte Pereira

    ResponderEliminar
  4. Viva Amigos,

    Estive de férias este ano pela primeira vez, no Parque Natural de Nijar, Cabo de Gata e fiquei hospedado em Las Negras. De facto é uma zona muita boa para férias e conheci toda a zona, desde as praias, as minas de Rodalquillar, Nijar, Tabernas onde se situa o deserto de Almeria onde estive no Texas Hollywood que recomendo vivamente, ainda penetramos deserto a dentro, pela Serra Alhamilla e é uma experiência fabulosa. Reparei que na zona onde estive havia muitos poucos turistas, tendo em conta que estamos no sul de espanha.
    Recomendo esta zona para descansar, desfrutar de um belo tempo, praias magníficas (sem prédios na zona envolvente) e em pleno agosto, uma concentração razoavelmente baixa de turístas, onde não há engarrafamentos, filas entre outras coisas que atrapalham o bem-estar de umas boas férias!

    Abraços
    Miguel

    ResponderEliminar
  5. Por favor poderia me ajudar ? vc conhece a igreja de sao jose que fica na cidade de almeria mais precisamente no povoado de taberno preciso do endereço de la vc tem ? se tiver me ajude por favor manda recados para cesarbfaustino@hotmail.com

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails