2014/07/08

Bandas sonoras | "Il Grande Silenzio" de Ennio Morricone

Naquele tempo, Sergio Corbucci era um dos melhores realizadores italianos e demonstrou toda a sua genialidade com o extraordinário e muito violento “Django”. A sua colaboração com o compositor argentino Luís Enriquez Bacalov foi muito boa mas os melhores devem trabalhar com os melhores e, inevitavelmente, os caminhos de Sergio Corbucci e Ennio Morricone estavam destinados a cruzar-se. “Il Grande Silenzio” é uma banda sonora que foge um pouco dos habituais registos de Morricone em westerns. O compositor aposta essencialmente em temas mais contidos e menos extravagantes. Algumas passagens sugerem ambientes soturnos, medonhos, fantasmagóricos, sobrenaturais. A faixa “Invito all’amore”, por exemplo, alude ao ambiente romântico entre Silenzio e Pauline enquanto que “L’ultimo gesto” espelha muito bem a dor do protagonista quando este é derrotado pelo vilão. Uma coisa é certa: quem sabe, sabe e o maestro Ennio Morricone é um génio da música. Mas qualquer pessoa minimamente informada já sabe isso!

2 comentários:

  1. O CD desta banda sonora que comprei na amazon.fr contém, além das 13 faixas do filme de Corbucci, 5 faixas de outro filme italiano chamado "Un Belissimo Novembre", um filme de Mauro Bolognini com Gina Lollobrigida e Gabrielle Ferzetti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais uma boa banda sonora do signore Morricone mas não está nas minhas favoritas dele. As minhas favoritas continuam a ser as parcerias com Leone e o Il mercenario.

      Eliminar

Related Posts with Thumbnails